Morre Tatiana Belinky

Faleceu na tarde do último sábado, dia 15, a escritora e autora teatral Tatiana Belinky, aos 94 anos de idade. A causa da morte não foi informada, mas ela estava internada num hospital da capital paulista desde o dia 04 de junho.

 

Ela nasceu em São Petersburgo, na Rússia, em 1919, e aos 10 anos emigrou com a família para o Brasil, radicando-se em São Paulo. Na ocasião, já falava três idiomas: o russo, alemão e letão, o que a ajudou a conseguir o seu primeiro emprego no Brasil, como secretária bilíngüe. Nessa época, casou-se com Júlio de Gouveia, com quem teve dois filhos que lhe deram cinco netos e três bisnetos. Foi também nesta época que começou a escrever, com o marido, obras para teatro infantil, criando, traduzindo e adaptando textos para teatro que, posteriormente, eram produzidos e encenados por Júlio com apoio da Secretaria de Cultura da Prefeitura de São Paulo. Mais tarde, com o advento da televisão, Tatiana e seu grupo foram convidados pela TV Tupi e passaram a apresentar tele-teatro ao vivo. Os roteiros eram escritos pela autora, baseados principalmente em adaptações de obras adaptadas da literatura nacional e internacional. Junto com o marido, fez a primeira adaptação para a TV do Sítio do Pica-pau Amarelo, de Monteiro Lobato, numa alentada criação de 350 capítulos.

 

O SATED-SP solidariza-se com a família de Tatiana Belinky e, associada à classe artística brasileira, lamenta esta irreparável perda.

 

Deixe uma resposta