Morreu nesta quarta-feira, aos 70 anos, o cineasta Héctor Babenco

07-02-1946

14-07-2016

 

Nascido em Mar del Plata, na Argentina, Babenco radicou-se no Brasil a partir de seus 19 anos e naturalizou-se brasileiro aos 31 anos. Foi indicado ao Oscar de melhor diretor em 1985, com “O beijo da mulher-aranha”, com William Hurt e Sonia Braga. Outros de seus filmes mais conhecidos são “Pixote: A lei do mais fraco” (1981), “Carandiru” (2003) e “Meu amigo hindu“, sua última obra, lançada em 2016, que tem William Dafoe como protagonista.

 

Deixe uma resposta